terça-feira, 13 de outubro de 2009

me encante...



Lembranças
 momentos felizes
outros nem tanto
no entanto
águas de um rio
jamais serão as mesmas
amores se perdem
pelo  caminho
disseste não
ao meu coração
meu tempo
não esperaste não
aqui fiquei
com um cravo
no peito...
como pode  ser
amor? se plantaste
tamanha dor!!
Que queres de mim?
nem minhas dores
e mágoas posso
sentir?
Tempo, oh!  tempo
corre bem rápido
assim,
tire isso de mim
me encante
cante
em carne e osso
poemas pra mim
só alvoroço
não creio mais
neles não
seu moço!

por Meire Jorge


2 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Escreve muito bem, Meire! Teus poemas são um encanto.
beijo

EDUARDO POISL disse...

Vim pedir desculpa pela minha ausência no teu blogger mais como havia um feriado e trabalho com turismo ficou difícil, mais agora com um pouco menos de trabalho volto a normalidade.

"O que diferencia uma pessoa de outra é o seu imaginário, a interpretação que dá aos fatos da vida." (Tisuka Yamasaki)
Abraços com muito carinho

Related Posts with Thumbnails