quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Lindas palavras vazias



Sem culpas
nem desculpas
nos perdemos
um do outro.
No silêncio
da presença
na ausência
com palavras.
Companhia vazia...
o grito seco
reflete o Amor
falado, escrito
frizado e dito.
Água e vinho
concreto, abstrato
volátil em demasia.
Somente canção
sem melodia!

por Meire Jorge

3 comentários:

Alexandre da Fonseca disse...

BOA NOITE...LINDO POEMA,GRANDE BEIJO

Meire Jorge disse...

Alexandre..agradeço as palavras e a visita. bjs

O DIÁRIO DE TAMMY disse...

Vc escreve mto bem. Adoro poemas, mas não gosto de canção sem melodia! =/

Related Posts with Thumbnails